Tríade da Mulher Atleta

Você já ouviu falar em tríade da mulher atleta?

Vamos conversar um pouco sobre esse assunto…

A participação da mulher em várias áreas da sociedade vem crescendo, e isso é ótimo!  Mas nem tudo são flores…

Quando falamos de esporte ou de exercício físico, estamos falando da possibilidade de desenvolvimento de uma síndrome… Mulheres que realizam muito gasto energético e pouco consumo de calorias podem desenvolver uma incidência maior de distúrbios fisiológicos específicos,  uma síndrome,  é a tríade da mulher atleta.

Curso modulação hormonal

Conceitualmente a tríade da mulher atleta é uma síndrome que possuí três componentes;

  • Distúrbios alimentares (anemia e/ou bulimia).

  • Amenorreia (ausência de menstruação em idade reprodutiva).

  • Osteoporose (redução da massa óssea).

Função cognitiva e exercício físico

A presença de uma ou mais desses sinais fisiológicos já é motivo de preocupação por parte dos profissionais da saúde. Isso tudo devido a aumentar os riscos de alterações alimentares, hormonais e ósseas. Em casos extremos tal condição pode ocasionar lesões até mesmo sem qualquer impacto, as chamadas fraturas por estresse.

A tríade da atleta mulher é uma síndrome que ocorre em adolescentes e mulheres adultas fisicamente ativas, afetando atletas profissionais e amadoras.  Não que isso não possa acontecer com homens, mas é mais raro. A pressão social à qual as adolescentes e mulheres jovens são submetidas para atingir ou manter sua massa corpórea baixa está por trás dessa síndrome e, este fator, possui maior risco nas adolescentes e mulheres que praticam esportes nos quais um baixo percentual de gordura é importante para o desempenho ou por razões estéticas.

Leia sobre ovários policísticos e exercício físico

Devido a essa relação energética e o aparecimento dos problemas fisiológicos que o Comitê Olímpico Internacional (COI) propôs em 2014 uma alteração nesta nomenclatura de tríade da mulher atleta para “deficiência relativa de energia no esporte ou somente Red-S”. Incluindo homens também são afetados por esta síndrome que ocasionada pela diminuição da disponibilidade de energia.

Quando alguém emagrece para onde vai a gordura

O COI entende que esta mudança descreve melhor a síndrome e teria mais precisão sobre os diversos problemas de saúde ocasionados pela consequência desta síndrome, como a disponibilidade de energia, taxa metabólica, função menstrual, saúde óssea, imunidade, saúde cardiovascular e psicológica.

Curso sobre fisiologia humana

A Red-S pode resultar em um declínio do desempenho físico para atletas de elite, um aumento da morbidade clínica e psicológica em mulheres e adolescentes fisicamente ativas e também um aumento da mortalidade tanto em atletas como mulheres fisicamente ativas.

A Red-S e os profissionais da Saúde

Os profissionais da área da saúde devem se manter atentos com seus alunos/pacientes sobre possíveis variações destes componentes e devem ser capazes de reconhecer este fator e encaminhar para um profissional da área para diagnóstico e tratamento/prevenção.

Saiba mais sobre HDL e doenças cardiovasculares

Para os profissionais que estão diretamente ligados ao treinamento, seja ele de alto desempenho ou com fins de saúde, o reconhecimento de algumas condições da Red-S se dá por alterações na menstruação, alterações da massa corporal, arritmias cardíacas, bradicardia, depressão e em alguns casos, fraturas por estrese.

Assim como reconhecer os componentes desta tríade, saber como preveni-la também é fundamental para os profissionais da saúde e, principalmente para os que atuam na medicina esportiva, por isso, é fundamental conhecer os conceitos básicos sobre nutrição e aspectos psicológicos para que se saiba quando encaminhar sua atleta/paciente para o profissional adequado.

Mantenha-se informado, inscreva-se no blog…  Faça um dos nossos cursos em www.isulbra.com.br

Abraço

Dr. Andre Lopes

PhD em Ciências do Movimento Humano