Treinamento com alto volume e intensidade

É possível fazer uma sessão de treinamento intensa e volumosa?

A tal da Interdependência volume x intensidade… uma grande bobagem quando falamos de treinamento físico de verdade…

Durante a faculdade, estudamos muita coisas… quando estudamos sobre teoria do treinamento físico, um dos primeiros temas a serem abordados faz referencia  aos princípios do treinamento.

Sabemos que existem vários… e em um determinado momento o professor fala de “interdependência volume x intensidade” e é comum o professor comentar logo em seguida que existe uma relação entre esses dois componentes e que eles são inversamente proporcionais. Isso significa, se formos submetidos a um trabalho muito intenso, só poderemos executar por um curto espaço de tempo. E se o esforço for de longa duração, a intensidade será moderada ou leve.

Pensando fisiologicamente ele tem toda a razão… Se pegarmos uma barra e colocarmos pouca carga (intensidade) teremos a capacidade de executar mais repetições (volume) do que quando colocamos mais carga (intensidade), que obrigatoriamente fazemos menos repetições (volume). 

Até existem treinadores/professores atuais que pegam essa ideia e difundem nas redes que treinamento de musculação bom é intenso e curto. Ou o treino é intenso ou é volumoso, os dois ao mesmo tempo não podem co-existir…

Ok, isso é o que você sabia… 

Mas será que isso é realmente verdade?

Será que os princípios estão errados?

Será que não há uma confusão e incompreensão de termos básicos?

Pra refletir sobre o assunto e responder a questão vamos voltar a base da teoria do treinamento. Indo fundo nas bases, vemos que existem somente dois métodos de treinamento: contínuo e intermitente (ou intervalado), sendo que, como o nome já diz, em exercícios de caráter contínuo os esforços se dão por longos períodos de tempo, sem interrupção, e nos de caráter intermitente, os esforços são intercalados com períodos de pausa ativa (em menor intensidade) ou totalmente passiva.

Ok?

Agora que entendemos isso… 

A musculação é de caráter contínuo ou intermitente? Intermitente, claro!!

E o que você leu, lá na descrição sobre volume e intensidade, tem mais relação com atividade contínua ou intermitente?

O erro esta na interpretação do processo… não está errado dizer que uma atividade intensa dura menos que uma atividade menos intensa… que o volume é inversamente proporcional a intensidade…  O que esta errado é não saber que esse princípio se aplica apenas em atividades CONTÍNUAS.

Pensa um pouco… em atividades contínuas isso sim faz muito sentido.  Quanto maior a intensidade menos tempo conseguimos manter o exercício, e quanto mais tempo queremos ficar em exercício, menos intensidade ele precisa ter.

Exemplos disso são provas de endurance (meia maratona, maratona, ciclismo, triatlo, etc).

Portanto, este princípio não se aplica a sessão de musculação ou qualquer outra atividade intermitente, essas apresentam estímulos e intervalos. Isso permite que possamos ter uma intensidade alta e um volume alto também na sessão.

Leia sobre métodos de treinamento na musculação 

E qual a importância do intervalo?

Voltamos novamente a questão dos princípios e das bases do treinamento.

Antes de estudarmos sobre eles, é extremamente necessário dominarmos os COMPONENTES DE CARGA, pois é por meio deles que vamos prescrever e controlar a evolução das sessões.

Dentre os componentes de carga externa, temos a carga, que diz respeito a quantidade de peso levantada (expressa por %RM ou zonas de repetições) e o volume, expresso pelo cálculo de séries x repetições. Mas além deles, existe a densidade, a frequência e a duração. Só aqui já vemos que não podemos resumir a prescrição a apenas dois componentes, sem pensar nos demais.

Como dissemos, o intervalo é muito negligenciado na nossa área e curiosamente, a presença dele e principalmente a DURAÇÃO dele faz TODA A DIFERENÇA na característica, no volume, na intensidade e em toda a duração da sessão.

Quer saber mais sobre hipertrofia? ASSISTA ESSE VÍDEO >>>> http://bit.ly/cursoHM

Att. Professora Vanessa Coutinho 

https://www.instagram.com/vanessa.m.coutinho/