Nutrição e Exercício físico: “o casal perfeito”.

A nutrição e o exercício físico é como uma história de amor que vem desde a maternidade. Sabe aquela pessoa que você bate o olho e diz: “preciso dessa dela, ela me completa”. É assim que acontece com a nutrição e o exercício físico. A nutrição permite a criação de um ambiente estruturado e recuperativo para que possamos alcançar o melhor e maior desempenho físico. São os macro e micronutrientes que permitem que a fisiologia possa agir de maneira fluida e harmônica. São os nutrientes que fornecem os elementos essenciais para o reparo das células já existentes e para a síntese de novos tecidos.

Mas parece que a nutrição é a parte “mais importante” desse casal. Acredite, existe uma simbiose perfeita entre nutrição e exercício. Se não fosse o exercício físico a nutrição não se tornaria tão importante… é o exercício que gera a necessidade da boa nutrição. São as demandas de intensidade, duração e recuperação que tornam a nutrição especial e necessária. Alguns acreditam que a nutrição é a mais importante que o exercício físico… outros dizem que a nutrição é apenas um auxiliar… acredite em mim… as contas desse matrimônio são divididas igualmente. Os que querem entender a nutrição devem também estudar o exercício físico, aqueles que querem se tornar especialistas em exercício físico devem se aproximar da nutrição.

Muitas vezes os indivíduos dedicam tempo e esforço consideráveis procurando otimizar o desempenho no exercício, apenas para constatar que não alcançam sua meta por causa de práticas nutricionais inadequadas, e por muitas vez, prejudiciais. Muitos outros passam muito tempo cuidando da nutrição e esquecem que ela será necessária conforme o exercício físico demandar. Entender exercício físico e nutrição deveria ser ensinado em conjunto, deveria ser matéria obrigatória no ensino médio… poderia ser ensinada em literatura, pois sem dúvida alguma é uma grande história de amor.

Quem sabe, em um futuro breve, possamos ter um curso que habilite os profissionais nas duas áreas. Um curso de graduação com o nome de:  “Ciências nutricionais e do exercício físico” ou “Educação esportiva e nutricional”. Não sei como se chamaria, mas quem sabe seja uma alternativa para que possamos ter profissionais que entendem e tenham habilitação para atuar nessa área cinza que envolve a nutrição e a educação física. 

O que você acha disso? Deixe seu comentário!

Att. Dr. Andre Lopes

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *